A ideologia do grafite urbano (Hellen Fernandes)

Título: A ideologia do grafite urbano

Autora: Hellen Fernandes

Orientador: Prof. Dr. Luiz Fernando Gomes

Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar a abordagem ideológica do grafite urbano. Inicia-se com a pesquisa de sua origem desde os tempos remotos até o período contemporâneo, na revolução estudantil de Paris, na década de sessenta. Sua chegada aos Estados Unidos acompanhado do movimento hip-hop e surte grande repercussão nos bairros periféricos de Nova Iorque. Na década de setenta surge no Brasil durante a ditadura e age como forma de protesto. Examina-se como ele pode refletir a realidade do meio no qual ele é gerado e sua evolução, até os dias de hoje, considerado uma forma de arte democrática. Como se deu esse desenvolvimento e qual a ideologia abordada por alguns grafiteiros da cidade de Sorocaba-SP, em especial, analisei algumas imagens do grafiteiro Will, que aborda comportamentos e atitudes do ser humano – para ele, essas atitudes são resultantes de regras impostas pela sociedade na qual se está inserido. A ideologia representada por cada grafiteiro será definida por sua forma de enxergar a sociedade à sua volta, a consolidação de suas posições e opiniões irá definir a ideologia defendida por esses artistas.

Palavras-Chaves: Grafite, Ideologia, Arte, Cultura.

A ideologia do grafite urbano (Hellen Fernandes)

Etiquetas:, , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: